Recursos humanos

INTRODUÇÃO O objetivo geral do projeto é a análise dos conceitos e técnicas estudados durante o curso, tendo como base a disciplina Desenvolvimento de Recursos Humanos e as disciplinas complementares Contabilidade, Gerenciamento de Pessoas, Estatística Aplicada, Suprmento de Mão de Obra e Dlnâmica das Relações Interpessoais. Criamos uma forma de atuação, destacando a natureza atual das atividades da organização, informações sobre o porte da empresa, número de clientes, instalações e faturamento, os principais produtos e processos organizacionais e os recursos utilizados no processo produtivo.

Destaca-se a compos- incluindo quantidade c p or26 escolaridade, os prin ais Sv. ipe to da empresa e seu pu Insumos que compô da empresa, is por nível de os de atuação ornecedores e to da organização e o relacionamento com a sociedade. Falaremos do ambiente competitivo da empresa, os principais concorrentes, e fatores que diferenciam a organização perante os concorrentes. Com base nas disciplinas criamos o histórico da empresa em busca da excelência do desempenho e da competitividade, apresenta ainda, o cronograma da empresa com os principais responsáveis pelas áreas ou funções.

Ampliaremos experiências práticas no campo da Gestão em Recursos Humanos para complementar a formação para o exercício profissional e também aprender como criar, administrar e constituir uma empresa, com base no material disponível em aula. 1- DESCRIÇAO DA ORGANIZAÇAO atual: Nova Casa Bahia S. A Constituição: A filial 1183 atua desde 02 de outubro de 1996, localizada na Avenida Barão do Rio Barão do Rio Branco, no 2257/ complemento ne2261, Bairro Centro, na cidade de Juiz de Fora / MG CEP: 36010-100. . 2 – Dados e fatos relevantes da origem da organização A origem da Nova Casa Bahia S. A Segundo o código de ética/2009 da empresa Nova Casa Bahia S. A Samuel Klein, polonês de nascimento, veio ao Brasil em 1952. Carpinteiro de formação e comerciante nato, logo vislumbrou o potencial de mercado da região do ABC paulista, com o dinheiro que havia trazido da Europa, cerca de IJS$ 6 mil, comprou uma casa e uma charrete. A charrete foi utilizada em sua nova função.

Parte superior do formulario Parte inferior do formulário Graças a um comerciante com quem fez amizade, conseguiu bom trânsito entre os comerciantes do barro do Bom Retiro e lá conseguiu, além de produtos de cama, mesa e banho, uma arteira com 200 clientes. Em São Caetano, começou seu árduo trabalho de venda de porta em porta. Seu principal diferencial era a venda parcelada com lucros de até 100 por cento em cima do preço inicial. Os principais clientes de eram migrantes oriundos do Nordeste, principalmente da Bahia.

Cinco anos depois, em 1957, comprou sua primeira loja no centro de São Caetano, localizada na Avenida Conde Francisco Matarazzo, número 567. Como forma de homenagem a sua clientela nordestina, o estabelecimento recebeu o nome Casa Bahia. 1. 3- Natureza e ramo de atuação vendida em 1957, em sao PAGF para o imigrante polonês endendo produtos aos retirantes nordestinos, a Nova Casa Bahia é uma rede de varejo no segmento de eletrodomésticos, eletroeletrônicos e móveis. 4- Informações sobre o porte da empresa A razão social era Casa Bahia Comercial LTDA a empresa já era de grande porte, hoje com a fusão com o grupo Pão de Açúcar sua razão social passa a ser Nova Casa Bahia S. A e com isso veio a se tornar uma empresa maior ainda. Hoje a filial 1 183, possui um quadro de 93 colaboradores. Com um faturamento em 2010 de R$ 41. 356. 000,00. 1. 5- Principais equipamentos Telefones, aparelhos de fax, impressoras multifuncionais, omputadores com monitor CCD e acesso a intranet e extranet, colaboradores Home Office, Lotus Notes, e-mail, jornal mural, Sac externo. 1. – Composição da força de trabalho A quantidade de colaboradores da filiall 183 é de 93 pessoas. Como na tabela à seguir: 1. 6. 1 Tabela de distribuição dos colaboradores da filial 1183 TABELA 01 SETORES ESCOLARIDADE EXIGIDA QUANTIDADE SEXO GERÊNCIA 2″ GRAU I I I MASCULINOI ENCARREGADA ADMINISTRATIVA 1 20 GRAU 1 | FEMININO I I ENCARREGADA DE VENDAS 1 20 GRAU 1 | FEMININO I ANALISTA DE CRÉDITO 20 GRAU | 6 1 MASCULINO,’ FEMININO AUXILIAR DE ESCRITORIO I FEMININO MASCULINO/ 3 FEMININO COBRADOR EXTERNO ENSINO FUNDAMENTALI 4 MASCULINO I ASSISTENTE TÉCNICOI 20 GRAU 1 MASCULINO GRÁFICO 04 – Exemplo Distribuição por escolaridade 1. – Principais produtos Como empresa varejista a Nova Casa Bahia S. A. atende a diversas necessidades em variedades de mercadorias, tais como: * Móveis (Mesa; Armário; Rack; Guarda-roupa. ) * Eletrodomésticos (Geladeira; Fogão; Microondas. ) * Eletroeletrônicos (Celular; Câmera digital; DVD. ) 1. 8- Denominações dos principals tipos de fornecedores A Nova Casa Bahia S. A vende mais de sete mil diferentes ?tens entre eletrodomésticos, móveis, celulares, brinquedos e eletrônicos.

Cito abaixo os maiores fornecedores por linha de produto: * Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos: Walita, CG, Arno, Electrolux e Britânia, Consul, Brastemp, Gradiente, Samsung, etc. Móveis: Barrira e Ludival * Informática: Positivo, HP e Le novo. 1. 9- Principais mercados e ramos de atuação Nos últimos anos a Nova teve crescimento desenvolvimento no mercado externo. 1 . 11- O segmento de mercado do grupo no âmbito nacional História atual e passada da empresa Segundo o código de ética/2009 da empresa Nova Casa Bahia S.

A em 1970, abriu a primeira loja em São Paulo, no centro de São Caetano, onde começam a incorporar outras empresas como as lojas Piratininga, depois a rede Columbia, a Tamakavi, a Domus e as lojas Ultralar, Modelar e Garsom, do Rio de Janeiro. Os filhos do dono Michel e Saul começara a trabalhar na sede da empresa na década de 80, quando inauguram a filial de número 100. Sempre à frente dos negócios, Samuel comandou a expansão em ritmo acelerado, com a abertura de novas filiais nos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, todas na década de 90. Em 1996, a Nova Casa Bahia S.

A cria o maior centro de distribuição da America Latina, e segundo maior do mundo, em Jundiaí — SP. No ano 2000, chegou a Goiás e ao Distrito Federal aumentando sua rede. Em 2003, Samuel completou 80 anos e publicou sua biografia: «Samuel Klein e Nova Casa Bahia S. A uma trajetória e sucesso», pela editora Novo Século. No ano seguinte, a Nova Casa Bahia S. A entrou no estado do Rio Grande do Sul, já com 14 milhões de clientes e mais de 400 lojas. O segredo de lidar com todas as camadas sociais, com foco principal nas classes populares C, D, Ese traduz em números bastante significativos.

Em 2006, a rede fechou o ano com 15. 2 milhões de carnês aprovados. Sua plataforma de clientes no ano somou 26. 3 milhões de pessoas, mais do que a população da maioria das cidades brasileiras. No dia 11 de novembro de 2008, a empresa fez historia ao inaugurar a primeira loja dentro uma favela, localizada em Paraisópolis PAGF s OF fez histona ao inaugurar a primeira loja dentro uma favela, localizada em Paraisópolis na zona sul da capital paulista. A empresa investiu R$ 2 milhões para abrir esta nova loja.

A ação da rede varejista chamou atenção da midia especialista do varejo, endo manchete no jornal Financial Time. Desta forma Samuel Klein construiu um verdadeiro império varejista, onde mais de 20 milhões de consumidores compram todo ano, e a empresa fatura cerca de R$ 14 bilhões. No final de 2008, depois de três anos de desenvolvimento e R$ 3. 7 milhões investidos, a Nova Casa Bahia S. A lançou seu portal virtual de compras na internet. Neste primeiro momento, 4. 000 produtos estavam disponíveis, divididos em 13 categorias diferentes.

A idéla surgiu em 2003 quando a empresa montou no pavilhão do Anhembi a SUPER CASA BAHIA, um «mega» centro de compras ontado durante todo o mês de dezembro, em São Paulo. Nesta primeira edição, os números comprovaram que a estratégia da empresa tinha sido um sucesso: dois milhões de consumidores gastaram cerca de 80 milhões de reais. O resultado desse sucesso gera a repetição da estratégia no ano seguinte. Em 2008 a Super Casa Bahia realiza sua sexta edição e os números não param de crescer: com espaço de 151. 00 ma, mais de 16 mil produtos, sendo 830 lançamentos da indústria e mals de dois milhões de visitantes, fatura de mais de R$ 80 milhões, a ponto de receber uma loja oficial da Disney com produtos da rife, (roupas, brinquedos, artigos para casa, papelaria, cuidados pessoais, souvenires), incluindo os melhores filmes dos estúdios de Walt Disney, mais de 12 opções de lazer. No início de julho de 2010 0 grupo Pão de Açúcar anuncia a aquisição da rede Nova Casa Bahia S. A após mes de julho de 2010 0 grupo Pão de Açúcar anuncia a aquisição da rede Nova Casa Bahia S.

A após meses de tensas negociações. A família Klein não se mostra satisfeita com os valores iniciais, sentindo – se prejudicada e subavaliada. pelo acordo, a Casa Bahia e 25% do grupo Bartira, «fabricante de móveis e pertence ? famllia Klein», formarão uma nova companhia de varejo em conjunto com a Globex, proprietária da bandeira Ponto Frio. O valor depositado pelo grupo Pão de Açúcar a rede Nova Casa Bahia S. A autorgando para concretização desta união é de R$ 689,8 milhões mais R$ 140 milhões anuais, pelo período de três anos, referentes o aluguel das lojas e centros de distribuição.

Em função da fusão o Grupo Pão de Açúcar se torna líder do setor varejista. Contando com 565 lojas nos país e uma carteira de clientes de aproximadamente 29 milhões de consumidores. 1 . 2- Principais concorrentes da organização e aspectos relevantes Os principais concorrentes da rede, o Magazine Luiza e as Lojas Insinuante, estão criando novas estratégicas de atuação no mercado para que se tornem competitivos, após a fusão das Nova Casa Bahia S. A com o ponto Frio.

O Magazine Luiza incorpora as Lojas Maia e a Insinuante fundindo suas operações com a Ricardo Eletro, onde cria a Máquina de Vendas, que por sua vez agregou uma terceira varejista, a City Lar, do Mato Grosso, e especula-se que estaria prospectando negócios em outras regiões, como o Sul e o Sudeste. ? esperado que esse movimento de consolidação continue no varejo de eletroeletrônicos, o que pode levar o grupo Pão de Açúcar a fazer mais aquisições para se antecipar aos seus concorrentes. Um dos motivos de sucesso da Nova Casa Bahia S.

A é o financiamento d PAGF 7 antecipar aos seus concorrentes. financiamento de seus produtos com crédito próprio, tornando-a competitiva com relação à concorrência. Essa flexibilidade contribui para o crescimento do negócio. O que permitiu com que a Nova Casa Bahia S. A se distanciasse de seus concorrentes nas vendas e se tornasse líder de mercado oi justamente a politica de financiamento mais agressivo e a localização de muitas lojas na periferia das grandes cidades, onde esta seu público alvo classes C, D e E. 1 . 3 Organograma da Filial 1183 2 – CONTABILIDADE É uma prática que envolve o registro das operações nas organizações, em livros mantidos para essa finalidade. Sua função é controlar o patrimônio com objetivo de fornecer informações sobre ele ao publico interessado. 2. 1 – DRE Nova Casa Bahia S. A ANEXO 01 – QUADRO DRE 2009 | 2010 | Receita Bruta 130. 000 (-) IPI 19. 500 | ICMS 23. 400 | Receta Líquida 87. 100 | -) CPV 40. 000 | CMV 15. 000 | 150. 000 22. 500 27. 000 ICMS Receita Líquida 100. 500 | 50. 000 cpv 12. 000 CMV 12. 000 | CMV = Lucro Bruto 32. 00 | (-) Despesas Operacionais Operacionais 38. 500 800 (-) Despesas Administrativas Administrativas 200 | (-) Despesas Vendas 500 (-) Despesas Financeiras Financeiras Lucro Operacional 31300 | (-) Imposto de Renda Renda (-) Contribuição Social Social = Lucro Líquido 23. 788 | 100 | 4. 695 2. 817 | 1 . OOO (-) Despesas 300 | (-) Despesas 600 | (-) Despesas Vendas 100 | (-) Despesas 37. 500 = Lucro Operacional 5. 625 (-) Imposto de 3. 375 contribuiçao 8. 500 A DRE, é o Demonstrativo do Resultado do Exercício da empresa Nova Casa Bahia S.

A, à Receita Bruta em 2009 era de R$150. OOO (cento e cinqüenta mil reais) e a Receita Bruta em 2010 eram de R$130. 000 (cento e trina mil reais). Ouve uma queda no lucro liquido entre 2009 (que era de 28, 5000), sendo que em 201 0 de R$23. 788 0 lucro de 2010 foi inferior ao ano 2009. 2. 2 — [ndices de Liquidez Os índices de liquidez avaliam a capacidade de pagamento das dívidas de curto ou longo prazo para com terceiros em geral, fazen fazendo uma comparação com os direitos realizáveis e a xigibilidade para medir o quanto é sólida a base financeira da empresa.

A finalidade dessa análise não é somente informar o que aconteceu no passado, mas também fornecer bases para deduzir o que poderá acontecer no futuro. O resultado obtido através dessa análise pode ser ótimo, bom, satisfatório ou deficiente quando comparadas com outras empresas do mesmo tipo de atividade. Os índices de liquidez não devem ser analisados isoladamente, mas em conjunto com outros quocientes que influenciam na liquidez da empresa e devem ser analisados por meio do Balanço patrimonial e o Demonstrativo do resultado do exercício.

Partiremos para análise dos períodos findos em 2009 e de 2010. (Fonte: wwm. ‘. wikipedia. org) Quadro 01 — Balanço Patrimonial conforme anexo OI Quadro Resumo I 2009 2010 ACI 1366 3217 | Disponível 86 1212 Estoque 727 931 | RLP | 796 2679 | PC 1502 | 1362 | PNCI 318 1976 | PL 657 2533 2. 2. 1 – Liquidez Geral A liquidez geral indica quanto á empresa possui em dinheiro para honrar com seus compromissos a curto e em longo prazo. (site: www. wikipedia. org) Ativo circulante + Ativo realizável a longo prazo Passivo circulante + Passivo nao circulante 2009= 1366+796 = 21