Modelo tcc unitau

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Nome do Autor 1 Nome do Autor 2 titulo: Subtítulo Se Houver ar 8 to view nut*ge Taubaté 2012 1965). SOBRENOME, Nome. TÍTULO: subtítulo se houver. : 2011. 123 f Monografia apresentada para obtenção do Certificado do Título em XXXXX_ do Departamento de Economia, Contabilidade e Administração da Universidade de Taubaté, aubaté. O propósito básico deste estudo é contribuir para o debate a respeito do papel desempenhado pela Administração de Recursos Humanos nas organizações, frente aos desafios do ambiente competitivo atual.

O pressuposto adotado é que Administração de Recursos Humanos pode influenciar no desenvolvimento do capital intelectual e conseqüentemente na criação de vantagens competitivas. Para que isto aconteça, contudo, é necessário que as práticas e politicas de gestão de Recursos Humanos estejam adequadamente alinhadas com as estratégias organizacionais. Assim, este estudo busca compreender como se desenvolve e é acompanhado o processo de integração entre o Sistema de Gestão de Recursos Humanos e as estratégias organizacionais.

Utilizando o método do estudo de caso, foi conduzida uma pesquisa exploratória em uma rande organização multinacional, na qual procurou-se analisar o Sistema de gestão de Recursos Humanos, conhecer o processo de desenvolvimento das estratégias de Recursos Humanos, avaliar o papel desempenhado pela área de Recursos Humanos, bem como observar os instrumentos e critérios utilizados para mensurar os resultados da área. Considerando-se as limitações impostas pelo método de pesquisa selecionado, foi possível efetuar algumas constatações importantes.

O alinhamento estratégico do Sistema de Gestão de Recursos Humanos na organização estudada é produto dos seguintes fatores: das ráticas e políticas, que enfatizam a geração e aplicação de conhecimento; da estrutura or anizacional que possibilita a participação dos profission processo de formulação Capital Intelectual, Mensuração e Recursos Humanos. LISTA DE TABELAS Tabela 1 – 130 1 I Tabela 2 — 143 1 I Tabela 3 144 1 LISTA DE FIGURAS I Figura 1 – 159 Figura 2 – 165 I Figura 3 – xxxxxxxxxxxxxxxxx. 166 PAGF3rl(F8 Relevância do Estudo.. ?? • • • • • • • • • • 113 I Organização do Trabalho… 12 REVISÃO DE LITERATURA…. 114 12. 1 12. 2 12. 2. 1 13. MÉTODO… . 14. APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS. 16 14. 1 ANÁLISE DA PESQUISA (OU 115 15. CONCLUSÕES . „ I REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.. 117 ANEXO A 16 PAGF sua relação com outros estudos sobre o mesmo assunto, suas limitações e objetivos. O problema é o que impulsiona todo o trabalho de pesquisa. Depois de definido o tema, levanta-se uma questão para ser respondida através de uma hipótese, que será confirmada ou negada através do trabalho de pesquisa.

O Problema é criado pelo próprio autor e relacionado ao tema escolhido. O autor, no caso, criará um questionamento para definir a abrangência de sua pesquisa. Essa seção deve referentemente representar a essência do pensamento do autor em relação ao assunto que pretende estudar. Deve ser abrangente sem ser prolongada. É um discurso de abertura em que o pesquisador oferece ao leitor uma síntese dos conceitos da literatura; expressa sua própria opinião – contrastando-a ou não – com a literatura; estabelece as razões de ser de seu trabalho sumariando apropriadamente começo, meio e fim de sua proposta de estudo.

A partir da página inicial da introdução, todas as páginas devem ser numeradas. 1. 1 OBJETIVO DO TRABALHO Nesta etapa você pensará a respeito de sua intenção ao ropor a pesquisa. Deverá sintetizar o que pretende alcançar com a pesquisa. Os objetivos devem estar coerentes com a justificativa e o problema proposto. O objetivo geral será a síntese do que se pretende alcançar. 1 . 1. 1 Objetivos Específicos Os objetivos específicos explicitarão os detalhes e serão um desdobramento do objetivo geral.

Descrever novos procedimentos XXXXXXXXXXXXXXXX; Constituir um quadro de referência XXXXXXXXXXXXXXX; Relacionar XX,XXXXXXXXX,XXXXXXXXXX. I . 2 RELEVÂNCIA DO ESTU realizado no município de XXXXXXXX, localizado na região do Vale do Paraíba do Estado de São Paulo. Os resultados apresentados refletem dados em um determinado período, de junho de 2007 a agosto de 2007, e são demonstram os resultados alcançados…….. 1. 4 MÉTODO A seção de Método destina-se a expor os meios dos quais o autor se valeu para a execução do trabalho.

Pode ser redigida em corpo únlco ou divldida em subseçbes. As subseções mais comuns são: Sujeitos, Material, Procedimentos. Se houver preferência por redigir em corpo único, a cada produto, material ou equipamento citado no texto, corresponderá uma nota de rodapé na qual constará no mínimo o ipo e a origem do meio empregado. Nesta etapa você irá definir onde e como será realizada a pesquisa. Definirá o tipo de pesquisa, a população (universo da pesquisa), a amostragem, os instrumentos de coleta de dados e a forma como pretende tabular e analisar seus dados.

População (ou universo da pesquisa) é a totalidade de indivíduos que possuem as mesmas características definidas para um determinado estudo. Amostra é parte da população ou do universo, selecionada de acordo com uma regra ou plano. 1. 5 ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO Este trabalho está estruturado em 4 (quatro) capítulos, de orma que a seqüência das informações ofereça um perfeito entendimento de seu propósito. No Capítulo 1, apresenta-se uma introdução abordando questões como ainda tr ivos, da importância do do autor.

Pode constituir um corpo único ou ser subdividida, caso o assunto a ser tratado assim o exija. A ordem cronológica dos fatos deve ser obedecida, permitindo uma visão histórica do desenvolvimento do conhecimento do tema. 2. 2 TEMA 3 Nesta fase você deverá responder às seguintes questões: quem já escreveu e o que já foi publicado sobre o assunto, que aspectos já foram abordados, quais as lacunas existentes na iteratura. Pode objetivar determinar o “estado da arte”, ser uma revisão teórica, ser uma revisão empírica ou ainda ser uma revisão histórica.

A revisão de literatura é fundamental, porque fornecerá elementos para você evitar a duplicação de pesquisas sobre o mesmo enfoque do tema. Favorecerá a definição de contornos mais precisos do problema a ser estudado 2. 2. 1 Subtema b 2. 2. 2 subtema b 3. APRESEN AÇAO DOS RESULTADOS / DESENVOLVIMENTO Nesta seção o autor irá expor o obtido em suas observações. Os resultados poderão estar expressos em quadros, gráficos, abelas, fotografias ou outros meios que demonstrem o que o trabalho permitiu verificar. Os dados expressos não devem ser repetidos em mais de um cão. plicações teóricas ou práticas dos resultados obtidos, bem como, suas limitações; e) elaborar, quando possível, uma teoria para explicar certas observações ou resultados obtidos; f) sugerir, quando for o caso, novas pesquisas, tendo em vista a experiência adquirida no desenvolvimento do trabalho e visando a sua complementação. 4 CONCLUSÕES Parte final do texto, a seção Conclusão ou Conclusões constitui o pílogo do corpo do trabalho. Deve ter por base o texto e expressar com lógica e simplicldade o que foi demonstrado ou deduzido com a pesquisa. ? fundamental que se entenda não existir nessa seção espaço para ilações subentendidas no texto, dele devendo constar apenas os fatos definitivamente demonstrados ou claramente deduzidos e seguramente embasados pelo conjunto do trabalho. Deve responder ? proposiçao. Pode incluir os desdobramentos relativos à importância, síntese, projeção, repercussão, encaminhamento e outros. REFERÊNC AS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10522 Abreviação na descrição bibliográfica. Rio de Janeiro: 1988. 1 p. . NBR 6032 Abreviação de t[tulos de periódicos e publicações seriadas. Rio de Janeiro: 1989. 14 p. . NBR 10520 Informação e documentação – Citações em documentos – Apresentação. Rio de Janeiro: 2002. 7 p. . NBR 5892 Norma para datar. Rio de Janeiro: 1989. 2 p. . NBR 6024 Informação e documentação — Numeração progressiva das seções de um documento escrito – Apresentação. Rio de Janeiro: 2003. 3 p. . NBR 6023 Informação e documentação — Referências Elaboração. Rio de Janeiro: