Trabalho

Boas Praticas nas Indústrias Farmacêutica, Farmoquímica, Veterinária, Cosmética e Domissanitária Informações gerais Turmas: CIDADE I LOCAL TURMA I INÍCIO DAS AULAS I sp sao paulo sede do Instituto Racine | 02 | 25/AbM20121 Carga Horária Total: 56 horas. Previsão de duração do Curso: 04 meses Dias e horários das aulas Em sao Paulo: SEG I TER QUAI QUI SEX DOM to page 081130 às 17h3 * Aulas duas vezes As aulas em São Racine ou em outro * O Instituto Racine PACE 1 ors a sede do Instituto nstituto Racine. lterar datas e horários, inverter disciplinas, assim como substituir docentes, e acordo com a construção do calendário, respeitando a carga horária total do curso. Nestes casos, os alunos serão avisados com antecedência. Tabela de valores: * Turma 02 – São Paulo (SP) – Clique e faça o download>> 2) Justificativa para o Curso O adequado entendimento das normas e diretrizes que regem a atuação do profissional na indústria faz da compreensão das Boas Práticas algo de extrema importância.

Habilitar o profissional, para que este tenh tenha o procedimento adequado na condução de sua prática em uma indústria e respeite a legislação e as normas vigentes stabelecidas pelos órgãos competentes. 3) A quem se destina Farmacêuticos, químicos, engenheiros químicos, docentes, estudantes de graduação e demais profissionais de éreas relacionadas ao tema, que atuam ou desejam atuar na indústria farmacêutica, farmoquímica, veterinária, cosmética e de produtos domissanitários. ) Objetivos Possibilitar aos participantes a atualização de seus conhecimentos sobre as Boas Práticas nas indústrias Farmacêuticas, Farmoquimica, Veterinária, Cosmética e Domssanitéria. E sobre os procedimentos e conduta adequados a prática rotineira m um laboratório de pesquisa ou industrial, de acordo com a legislação em vigor e os órgãos competentes. ) Competências desenvolvidas no egresso Conhecimentos gerais e específicos das Boas Práticas; entendimento e interpretação da Legislação e ética profissional aplicada às Boas Práticas; conhecimento dos fundamentos, documentação e dos critérios de avaliação; orientação para a elaboração de Manual das Boas práticas. 6) Temas desenvolvidos no curso ‘k Boas Práticas de Fabricação e Controle na Indústria. * Boas Práticas de Fabricação na Indústria Farmacêutica. * Boas Práticas de Fabricação na PAGFarl(F3 Boas Práticas de Fabricação na Indústria Farmacêutica. Boas Práticas de Fabricação na Indústria Cosmética. * Boas Práticas de Fabricação na Indústria de Saneantes. Boas práticas de Laboratório Químico. * Boas Práticas de Laboratório Microbiológico. Boas Práticas de Auditoria. 7) Corpo docente O curso intensivo está sob supervisão da docente: Luiz Carlos Peres Químico formado pela Universidade Ibirapuera, com mais de 42 anos de experiência na indústria farmacêutica, cosmética e química, onde executou palestras e treinamentos em diversos parses como Alemanha, Espanha, México e Argentina. ?s- graduado em Didática para o Ensino Superior pela Universidade São Paulo e Gestão da Qualidade pela Fundação Getúlio Vargas. Sempre ocupou cargos gerenciais e com trânsito internacional em empresas como Schering do Brasil e Ciba-Geigy. Examinador do Prêmio Nacional da Qualidade (1992), por 4 anos membro da Sociedade Brasileira de Controle da Contaminação. Atualmente é executivo da Lucape Consultores onde fundou e atua a mais de 10 anos no mercado de consultoria, treinamentos, validação e auditorias envolvendo-se em vários segmentos industriais. Docente de cursos do Instituto Racine. PAGF3ÜF3